Conheça os principais sintomas do câncer e como identificá-los

A incidência de pesquisas de sintomas de doenças na internet tem aumentado com o crescimento do uso frequente de mídias digitais móveis no dia a dia. Apesar de esse fator poder ser o responsável por alguns problemas para a saúde, como o perigo da automedicação e do diagnóstico incorreto das doenças, também é possível usá-lo para o bem: com a informação digital aumentando, é possível saber mais facilmente quando algo não está funcionando da maneira adequada no seu corpo e, portanto, quando é preciso procurar um médico com urgência para investigar possíveis quadros de doenças como o câncer.

Uma pesquisa recente divulgada pela Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica (SBOC) mostrou que pelo menos 24% dos brasileiros acredita que pode ter algum tipo de câncer, mas é impedido de buscar auxílio médico especializado pelo medo da confirmação, diminuindo as chances de um tratamento mais bem sucedido. Por isso, hoje vamos te ajudar a identificar os principais sinais desse quadro e o que você não pode deixar de relatar ao seu médico durante a busca pelo diagnóstico.

Primeiramente, é importante lembrar que esses sintomas podem ser resultado de diversos quadros e, portanto, não é preciso criar alarde tão cedo. No entanto, especialmente em pacientes de risco (com idade avançada, vícios como cigarro e álcool ou histórico familiar) é necessário olhar com atenção para a permanência ou evolução desses sintomas, especialmente quando atrelados a outros sinais de mudança no funcionamento do organismo.

Câncer nas mulheres

Sintomas de câncer em mulheres

Nódulos, sangramentos vaginais ou nas fezes, feridas que não cicatrizam e inchaços por longos períodos podem mostrar que algo está errado, especialmente em mulheres que já passaram pela menopausa. Apesar de serem sintomas de diversas doenças e problemas menos graves, observe-os por alguns dias e, caso se intensifiquem, não hesite em procurar ajuda especializada. Manter os exames periódicos e a ida anual ao ginecologista é essencial para se tranquilizar e evitar surpresas desagradáveis.

Câncer neurológico

Sintomas ligados ao funcionamento neurológico.

Dores de cabeça, visão turva, convulsões e náuseas que não passam e não têm explicação ou ligação com problemas como enxaqueca e epilepsia, por exemplo, também são sinais a serem observados. No caso desses sintomas, ligados diretamente ao funcionamento neurológico, a ida ao médico deve acontecer o quanto antes, prevenindo a evolução de quadros e investigando possíveis tumores.

Câncer no pulmão

Sintomas que podem estar relacionados ao câncer de pulmão.

Tosse com secreções, rouquidão, dor no peito e falta de ar também são sinais que podem não estar ligados somente a infecções, sendo necessária uma análise médica mais aprofundada para evitar desgaste dos pulmões e iniciar o tratamento adequado.

Câncer no estômago e sistema digestivo

Câncer de estômago e seu sintomas.

Comumente ignorados e vistos como menos sérios, quadros de dor no estômago constante, diarreias persistentes, sensação de inchaço e fadiga persistente também podem indicar distúrbios mais sérios. Além da reeducação alimentar e do corte de hábitos como o consumo de bebidas alcoólicas, frituras e cigarro, não deixe de procurar um médico para investigar a causa e o tratamento para tais sintomas.

Lembre-se: a maioria desses problemas pode ser tratada, ainda que um quadro cancerígeno seja detectado. Para mais informações, entre em contato conosco através dos números (85) 3261.3111 | (85) 3261.5086 | (85) 99613.3211 (Claro) | (85) 98685.4193 (Oi).

Conheça nossa especialidades e nossos profissionais.