Alimentação para pacientes com câncer: principais cuidados e orientações

Uma boa alimentação e a prática regular de atividade física são pontos essenciais para manter a saúde de qualquer pessoa. No caso de pacientes com câncer ou que já passaram pela doença, esse cuidado deve ser redobrado, especialmente no que diz respeito ao consumo de alimentos ultraprocessados ou ao descuido com nutrientes essenciais para o corpo. Por isso, a Quimioclinic elencou algumas das principais dicas fornecidas pelo Instituto Nacional de Câncer (INCA) para quem quer começar a reorganizar sua alimentação. Confira:

 

Alimentação para pacientes com câncer
Alimentação para pacientes com câncer – Coma com regularidade

1 – Coma com regularidade

Ainda que alguns tratamentos possam causar interferência no apetite do paciente, é preciso estar ainda mais atento para a quantidade ideal de refeições feitas ao dia, contando com lanches saudáveis entre as principais refeições. O ideal é que sejam feitas pelo menos cinco refeições ao dia (café da manhã, lanche da manhã, almoço, lanche da tarde e ceia), sempre tendo cuidado ao dosar as porções e mixes de alimentos, que devem ser orientadas  por um nutricionista. 

 

Alimentação para pacientes com câncer - Prefira alimentos in natura
Alimentação para pacientes com câncer – Prefira alimentos in natura

2 – Prefira alimentos in natura

Comer muito, no entanto, não pode ser sinônimo de comer qualquer coisa. É importante que a dieta do paciente – e mesmo de quem já passou pela doença, ou, ainda, como prevenção – tenha alimentos in natura como base, com diversidade de frutas e verduras na dieta. O ideal é que as frutas sejam consumidas pelo menos duas vezes ao dia, e os legumes e verduras, três vezes ao dia, em pequenas porções. Sempre que possível, dê preferência a comprar em feiras e sacolões, onde o custo dos produtos é mais barato, e aos alimentos da época, que possuem menos agrotóxicos e mais nutrientes. Dica: quanto mais colorido o prato, melhor!

 

Alimentação para pacientes com câncer
Alimentação para pacientes com câncer – Evite óleos, gorduras, sais e açúcar em excesso

3 – Evite óleos, gorduras, sais e açúcar em excesso

Sim, pode ser muito difícil encontrar alimentos que não possuam nenhum desses ingredientes, mas é essencial fazer substituições nas receitas de casa (como colocar mel no lugar do açúcar ou usar azeite no lugar do óleo tradicional de cozinha) e evitar alimentos muito gordurosos quando fora de casa. O consumo de produtos ultraprocessados também deve ser evitado – a dica é sempre checar a data de validade, que, quando muito extensa, costuma apontar um alto grau de processamento do produto.

 

Alimentação para pacientes com câncer – Cuidado com a propaganda

4 – Cuidado com a propaganda

Nem sempre os alimentos que parecem saudáveis –como barrinhas, iogurtes e produtos diet e light – são realmente benéficos para a saúde. Fique atento a ingredientes como sacarose, xarope de milho e gordura vegetal hidrogenada e, na dúvida, opte por receitas caseiras com frutas e grãos orgânicos na hora de comer cookies, bolos, barras de cereal e outros snacks. O mesmo vale para molhos e temperos, que podem conter altos índices de corantes.

 

Alimentação para pacientes com câncer – Controle seu peso

5 – Controle seu peso

É importantíssimo conhecer o seu corpo e ficar atento para modificações muito intensas na sua massa corporal, mesmo que sua alimentação esteja saudável. Por isso, é essencial fazer o acompanhamento nutricional, para monitorar o peso e checar possíveis necessidades de troca nos alimentos da sua dieta.

Para mais informações sobre nutrição para pacientes com câncer, consulte o Guia de Nutrição para pacientes e cuidadores do INCA* (https://www.inca.gov.br/publicacoes/cartilhas/guia-nutricao-para-pacientes-e-cuidadores).

*Orientações gerais fornecidas pelo Ministério da Saúde. Não deixe de consultar seu oncologista e o nutricionista para orientações adequadas para o seu organismo.